REVOLUÇÃO 4.0

industrie-40-750

A primeira revolução industrial nos levou da produção manual à mecanizada, a segunda trouxe a eletricidade e possibilitou a manufatura em massa. A terceira, já em meados do século 20, foi a revolução da tecnologia da informação e das telecomunicações.

Agora presenciamos mais uma revolução industrial, chamada pelos especialistas de 4.0: é representada por nanotecnologias, neurotecnologias, robôs, inteligência artificial, biotecnologia, sistemas de armazenamento de energia, drones e impressoras 3D.

De acordo com Klaus Schwab, autor do livro A Quarta Revolução Industrial, publicado no ano passado, “estamos a bordo de uma revolução tecnológica que transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Em sua escala, alcance e complexidade, a transformação será diferente de qualquer coisa que o ser humano tenha experimentado antes”, disse Schwab.

Toda essa mudança trará transformações, evolução e muitos benefícios, mas só sairá ganhando quem estiver aberto e disposto a inovar e se adaptar. O mercado de trabalho, por exemplo, será bastante afetado, pois muitas tarefas, antes executadas por várias pessoas, poderão ser realizadas por um único robô. David Ritter, CEO do Greenpeace Austrália/Pacífico falou sobre isso em uma coluna do jornal britânico The Guardian: “O futuro do emprego será feito por vagas que não existem, em indústrias que usam tecnologias novas, em condições planetárias que nenhum ser humano já experimentou”, disse Ritter.

E como andam as expectativas no mundo empresarial? No último Barômetro Global de Inovação da empresa GE, foi feita uma pesquisa que compilou opiniões de mais de 4.000 líderes e pessoas interessadas nas transformações tecnológicas em 23 países. Segundo os dados apontados, cerca de 70% dos empresários têm expectativas positivas sobre a revolução 4.0.

A Gold System está preparada. Também temos expectativas positivas e estamos caminhando junto com as inovações para oferecer as melhores soluções aos nossos clientes. Vem com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *